Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

São Paulo Tucanou de Novo

Bandeira Paulista tucana

São Paulo é governado pelo mesmo partido, o PSDB,  há dezesseis anos, mas se forçarmos um pouco a barra _ e nem é preciso forçar tanto assim _ e contarmos os três governos anteriores do PMDB, são 28 anos com os mesmos grupos no comando _ Franco Montoro, eleito pelo PMDB em 1982, foi um dos fundadores do PSDB e Quércia, quem diria, esteve aos beijos e abraços com Alckmin e Serra na campanha deste ano para o Senado. Tanto tempo de PSDB fez de São Paulo uma vitrine do partido para o resto do Brasil.  Mas vitrine do que?

A região metropolitana é caos urbano. Com apenas 65 km, a rede de metrô é ridicularmente pequena para as dimensões da metrópole, os trens de subúrbio, que ligam a Capital às cidades do entorno, são insuficientes para atender a demanda e o sistema de ônibus é uma tragédia. Como resultado, moto e carro se tornaram alternativas ao péssimo serviço de transporte coletivo. Troca-se o aperto em ônibus, trens e Metrô por um dos maiores congestionados do mundo em um sistema viário que está a beira do colapso. Todos os dias, os mais de seis milhões de veículos que circulam pela cidade despejam toneladas de poluentes na atmosfera, agravando a já precária qualidade de vida dos paulistanos.

A situação do sistema público de ensino não é menos preocupante. São Paulo foi o único estado da região Sudeste que não conseguiu atingir as metas do milênio, metade dos professores da rede pública são contratados em caráter temporário e a maioria dos alunos termina o Ensino Médio sem dominar as competências mínimas esperadas para a oitava série.

Na área da Saúde investiu-se em um sistema composto por unidades de pronto atendimento administradas por empresários da área da saúde, mas com dinheiro público. Instaladas em pontos chave, de maior visibilidade, essas unidades são bonitas e bem cuidadas. O paciente que precisa de cuidados básicos, como curativos ou atendimento ambulatorial, não espera muito na fila, mas não há especialistas nem suporte para atendimentos mais complexos. Enquanto isso as Unidades Básicas de saúde, integradas ao SUS,  continuam oferecendo atendimento precário e a espera por exames e cirurgias pode demorar meses.

A Segurança pública também não apresenta resultados dignos de  nota. Embora os números oficiais apontem a queda de alguns crimes, a violência continua assombrando o dia a dia dos paulistanos, sobretudo nas periferias, entre a violência criminal de um lado, e à violência policial de outro. O combate ao tráfico de drogas foi pífio. O bairro da Luz, mais conhecido hoje como Cracolânda, apesar de concentrar salas de concerto e museus de referência internacional, testemunha a impotência das autoridades diante da escalada do crack.

Esta é a verdadeira vitrine que o PSDB esconde do Brasil depois de dezesseis anos no poder em São Paulo, e ainda falta falar dos pedágios e do abandono do Interior. Sem uma imprensa independente que fiscalize o poder público, denuncie seus erros e sirva de ponte entre governo e cidadãos, os paulistas ficaram presos a ilusão de que vivem numa ilha de problemas cercada de soluções por todos os lados. Mas se o saldo é tão negativo, como explicar o sucesso nas urnas? Não tenho a pretensão de oferecer ao leitor uma resposta definitiva, mas acredito que a atuação de uma imprensa amiga que se comporta como um braço do próprio partido e o bom desempenho econômico por que passa o país _ que acaba refletindo na boa avaliação dos governos regionais _ sejam parte da resposta.

Se é verdade que cada povo tem os políticos que merece, se você ouvir um paulista reclamar do transito, do serviço público ou da má qualidade de vida já sabe a resposta: Bem feito!

6 comentários:

Marcos Vinicius Gomes disse...

Eu vou morar no Rio!
rsrsrs
Abs.

Eduardo E. S. Prado disse...

Marcos,

Bem que eu queria, mas acho que seria a mesma coisa...
Mais quatro anos... É dose!

Taci disse...

E é bem feito mesmo! O Serra fala na campanha eleitoral que irá investir muito em educação e que irá melhorar a situação do professor. E eu pergunto: melhorar como? Descendo o cacete como fez ano passado em São Paulo? Serra fala que botou dois professores em sala de aula. Dois professores? Ele botou um professor e um estagiário. Desde quando estagiário é professor? Tem que ter muita memória curta e ser muito cego para não observar estas contradições.

Anônimo disse...

Se tudo está tão ruim assim porque que os paulistas continuam preferindo o PSDB? Ah, tá, é a imprensa... sei, é cada uma...

Teacher Eli disse...

Acho que o paulista tem que se politizar mais, pois a votação que o Tiririca teve pode mostrar mesmo porque o paulista ainda tem que aprender muito...

Eduardo E. S. Prado disse...

Teacher Eli,

Metade dos Paulista demonstrou querer mudanças, pena que foram vencidos pela outra metade. Essa precisa abrir os olhos para o que está a sua volta e refletir se o que vê está bom para ela. Se echar que está, bem... então tem mesmo o que merece.

Não sou eleitor do Tiririca, mas acho que foi um voto de protesto e , como estamos numa democracia que não é seletiva _ e não deve ser mesmo _ todo voto é válido e representa os humores dos eleitores. Não sei se será um bom deputado, espero que sim, que faça juz aos votos que recebeu, mas sua eleição é resultado da vontade popular. O mesmo vale para o Alckmin.

Só não sou tão otimista quanto o Tiririca, acho que pior que tá, fica sim.

Abraço!

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo!

  ©Conversa de Bar - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo