Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Revista do Brasil é censurada nas bancas e na internet.

2010-03-20 Assembleia 19 de Março1

As liberdades de expressão, de pensamento e de imprensa são direitos consolidadas pela Constituição Federal de 1988. Mas em diversas situações, como em processos que correm em segredo de justiça e em períodos eleitorais, a justiça entende que essas liberdades devem ser limitadas para o bem do interesse público.

É difícil entender como a imposição de limites à liberdade de expressão pode ser benéfica ao interesse público, mas essa é a interpretação que as vezes prevalece entre nossos juristas.

Não é o caso de dizer que a há riscos à liberdade de expressão e de imprensa no Brasil, mas talvez seja o caso de pensar que em alguns casos interesses políticos _ e os interesses econômicos por trás deles _  interferem em outro direito fundamental, o direito à informação.

A imprensa elegeu seus inimigos, mas nenhum deles representa ameaça a sua livre atuação: O Presidente Lula, sistematicamente acusado de atacar a imprensa, e O PNDH-3 _Programa Nacional de Direitos Humanos _ , denunciado como uma tentativa do governo Lula de controlar os meios de comunicação. É legítimo que a imprensa e seus órgãos de defesa denunciem qualquer tentativa de censura, mas a liberdade que eles defendem vale para todo mundo?

A imprensa ainda resiste em defender a liberdade de conteúdos na internet e não parece ficar a vontade com a diversidade de opiniões. Recentemente a psicanalista Maria Rita Kehl foi demitida do Jornal O Estado de São Paulo, O Estadão, por "delito de opinião", nas palavras dela, após escrever, em sua coluna, um artigo que contrariava as opiniões do jornal.

Os inimigos à liberdade de imprensa são outros. Há cerca de um mês a revista Carta Capital foi Processada pelo Ministério Público Eleitoral  e no último dia 18, a distribuição da Revista do Brasil foi suspensa pela justiça a pedido do PSDB, ambas acusadas de favorecerem a candidata Dilma. As duas publicações têm em comum o fato de publicarem matérias que desagradaram o candidato José Serra, amplamente favorecido pela grande imprensa, contando, inclusive, com o apoio declarado do Estadão, o mesmo jornal que demitiu a colunista que ousou discordar. 

Quanto ao ato de censura sofrido pela  Revista do Brasil, o referido jornal, orgulhoso de sua defesa histórica pela democracia e que diz estar sob censura há 447 dias, dedicou apenas algumas poucas linhas. A maioria  para justificar a censura, nenhuma de indignação por ela. 

Leia o conteúdo da edição censurada, aqui.

1 Comentário:

Francisco disse...

A FORÇA DA MULHER BRASILEIRA,EM CASA E NA PRESIDÊNCIA

LEMBRE-SE QUE AO SEU LADO VOCÊ TEM O AMPARO DE UMA GRANDE MULHER QUE O FEZ ASCENDER NA SOCIEDADE E SAIR DA BASE DA PIRÂMIDE SOCIAL E ASSIM PASSOU A CONHECER O SIGNIFICADO DE UM SALDO BANCÁRIO,UMA VIDA MAIS CONFORTÁVEL.

MUITOS SÃO OS MARMANJOS QUE AO LADO DESSAS GLORIOSAS MULHERES PASSARAM A INFLUENCIAR NO MEIO SOCIAL,PASSARAM A TER POUCO TEMPO PARA O TRABALHO E HOJE,AS AUXILIAM NO GERENCIAMENTO DO PATRIMÔNIO CONSTRUÍDO POR ELAS.

TAÍ,PENSE NISSO!DEIXE DE SER PRECONCEITUOSO E NO DIA 31 DE OUTUBRO,NESTE DOMINGO PRÓXIMO,VOTE TAMBÉM NUMA GRANDE MULHER - DILMA 13 PARA DAR CONTINUIDADE AOS PROJETOS ECONOMICOS E SOCIAIS DO PRESIDENTE LULA.

SE AO SEU LADO VOCÊ TEM UMA GRANDE MULHER,ESCOLHA UMA OUTRA GRANDE MULHER PARA O BRASIL CONTINUAR MUDANDO!

VOTE DILMA PRESIDENTE!!!

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo!

  ©Conversa de Bar - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo